Lembretes

Métricas sobre revistas http://www.journal-scholar-metrics.infoec3.es/layout.php?id=rank&subject=library_and_information_science&start=0&order=h5_index&sort=DESC&related=T&country=br

USP Universidade de São Paulo. Departamento Técnico do Sistema Integrado de Bibliotecas. < http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/index >.
Revistas científicas em Ciências da Saúde: visibilidade, forma e conteúdo. http://www.livrosabertos.sibi.usp.br/portaldelivrosUSP/catalog/view/64/57/272-1


Aos poucos, eBooks vão morrendo no Brasil e no mundo. Tecmundo, 12 abr. 2016. http://www.tecmundo.com.br/e-book/103550-ebooks-morrendo-brasil-no-mundo.htm

Mercado de livros digitais não decola no Brasil e estagna nos EUA e Europa Folha de São Paulo 09 abr. 2016http://www1.folha.uol.com.br/mercado/2016/04/1759174-mercado-de-livros-digitais-nao-decola-no-brasil-e-estagna-nos-eua-e-europa.shtml

Escute o podcast sobre a entrevista da Rádio Joinville Cultural com o diretor da Editora da UFSC 19/04/2016 http://noticias.ufsc.br/2016/04/editora-da-ufsc-e-radio-joinville-cultural-lancam-60a-edicao-de-podcast/

Indicações de infogramas:

http://portal.fiocruz.br/sites/portal.fiocruz.br/files/documentos/infografico_fio_cruz_final_ok.pdf

e

http://periodicos.fiocruz.br/sites/default/files/LINHA%20DO%20TEMPO%20AA%20FINAL_0.pdf
_

WORLDOMETERS http://www.worldometers.info/


Olá,

Nas aulas de editoração cientifica conhecemos um pouco mais sobre o munda da editoração. Veja o verbete sobre Conrad Gesner - o pai da bibliografia - http://pt.wikipedia.org/wiki/Conrad_Gessner
devido a sua obra editada em 1545 "Bibliotheca universalis". Tinha o intuito de realizar uma lista dos livros impressos no mundo.

A Bibliotheca Universalis, sive Catalogus omnium Scriptoum locupletissimus, in tribus linguis, Latina, Græca, & Hebraica; extantium & non extantium, veterum et recentiorum in hunc usque diem, … publicatorum et in Bibliothecis latentium, etc.

Algumas obras digitalizadas de Konrad Gesner estão disponíveis na e-rara http://www.e-rara.ch/

Até mais,
Ursula


Recebi a mensagem abaixo e aproveito para divulgar para nossas aulas.

De: Targino Graca <moc.liamtoh|onigratacarg#moc.liamtoh|onigratacarg>
Data: 1 de novembro de 2010 04:39
Assunto: NOVO LIVRO SOBRE ACESSIBILIDADE … SOBRE REVISTAS ELETRÔNICAS
Para:

Prezados colegas

Temos o prazer de divulgar o lançamento de nosso terceiro livro na
série sobre revistas científicas em parceria com o SENAC e CENGAGE:

Acessibilidade e Visibilidade de Revistas Científicas Eletrônicas

Sueli Mara Soares Pinto Ferreira e Maria das Graças Targino

ISBN 13: 978-85-221-0990-6
ISBN 10: 85-221-0990-7

Número de páginas: 354

PREFÁCIO

Verbivocovisualidade das revistas no século XXI

Antonio Miranda

APRESENTAÇÃO

Desmistificando a acessibilidade e a visibilidade de revistas
científicas eletrônicas

Sueli Mara Soares Pinto Ferreira e Maria das Graças Targino, Organizadoras

PARTE I

COMO GARANTIR ACESSIBILIDADE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

CAPÍTULO 1

Acesso Aberto e divisão entre ciência predominante e ciência periférica

Jean-Claude Guédon

CAPÍTULO 2

Motivação para publicar em revistas científicas: estudo nas áreas de
ciências da comunicação e ciência da informação

Sueli Mara Soares Pinto Ferreira e Patrícia Zeni Marchiori e Fulvio Cristofoli

CAPÍTULO 3

Percepção sobre acesso e visibilidade dos repositórios digitais e das
revistas eletrônicas

Simone da Rocha Weitzel e Sueli Mara Soares Pinto Ferreira

PARTE II

COMO PROMOVER E MEDIR MAIOR DISSEMINAÇÃO E VISIBILIDADE DA PRODUÇÃO CIENTÍFICA

CAPÍTULO 4

Indicadores web e sua aplicação à produção científica disponibilizada
em revistas eletrônicas

Nadia Vanti

CAPÍTULO 5

Limites e potencialidades da avaliação científica: crítica
epistemológica à cobertura de bases de dados e à construção de
indicadores

Eduardo Aguado-López e Rosario Rogel-Salazar e Arianna Becerril-García

CAPÍTULO 6

Como usar – e se beneficiar – do formato RSS [Realy Simple
Syndication] para disseminação de informações em revistas científicas
eletrônicas

Robson Lopes de Almeida

CAPÍTULO 7

Métricas alternativas de avaliação do impacto e do uso de revistas
eletrônicas: estudo em ciências da comunicação

Sueli Mara Soares Pinto Ferreira e Maria das Graças Targino

Agradecemos se puderem divulgar entre os colegas e interessados.

Abraços

Maria das Graças Targino e Sueli Mara Ferreira

Maria das Graças TARGINO
Jornalista, Profa. Doutora em Ciência da Informação
Pós-Doutora em Jornalismo

ENDEREÇO ESPANHA / SALAMANCA
Calle Volta, no 70
Piso 1o A
37007 Salamanca - España
Fone: (0034) 923 22 73 15
Telefone móbil: 652 39 45 64
e-mail: moc.liamtoh|onigratacarg#moc.liamtoh|onigratacarg

ENDEREÇO BRASIL
Rua Aviador Irapuan Rocha, 2101 apto 501
Bairro Jóquei Clube
64049-518 Teresina - PI
e-mail: moc.liamtoh|onigratacarg#moc.liamtoh|onigratacarg


Curiosidades:
Termo Blueprint http://en.wikipedia.org/wiki/Blueprints
O blueprint é um tipo de reprodução em papel usada para desenhos (plantas) técnicos na engenharia, e na documentação da arquitetura. Em geral o termo "blueprint" é usado para referenciar a um plano detalhado.

Evento XII Encontro nacional de editores Cientificos
http://www.abecbrasil.org.br/index.asp
Acontece dias 23 a 27 de novembro de 2009.

Orientações sobre .epub

Extensão de arquivo de formato XML para livros e publicações digitais.

".epub" é composto de 3 padrões abertos (open standards) produzidos pelo IDPF:
Open Publication Structure (OPS),
Open Packaging Format (OPF) e
Open Container Format (OCF)

O ".epub" possibilita aos publicadores produzirem e enviarem um arquivo de uma publicação digital publication a ser distribuida e ofertada aos consumidores . O Open eBook Publication Structure conhecido como "OEB", originalmente produzido em 1999, é o precursor do OPS. Veja mais em http://www.idpf.org/specs.htm

Open Packaging Format (OPF) 2.0 v0.9871.0

Recommended Specification July 11, 2007September 11, 2007

http://www.idpf.org/2007/opf/OPF_2.0_final_spec.html


Veja a matérias sobre publicações científicas:

Pesquisa mostra que brasileiro gasta pouco com leitura
Dados divulgados pela Câmara Brasileiro do Livro (CBL) mostram que apenas 7,47% da população brasileira adquirem livros não didáticos. Gastos com leitura são menores do que despesas com TV, vídeo e computador - DANILO CASALETTI
http://revistaepoca.globo.com/Revista/Epoca/0,,EMI92467-15220,00-PESQUISA+MOSTRA+QUE+BRASILEIRO+GASTA+POUCO+COM+LEITURA.html


Divulgação Científica Publicar e compartilhar 10/9/2009 http://www.agencia.fapesp.br/materia/11043/publicar-e-compartilhar.htm
Agência FAPESP – A publicação de artigo em periódico científico é, tradicionalmente, a principal forma de divulgação dos resultados de uma pesquisa. Mas o processo de aprovação por parte dos avaliadores e editores, para ser bem feito, exige bastante tempo.[…]


Em editorial na revista Science, membro da Academia de Ciências da África do Sul (Assaf) conta porque o país escolheu a plataforma de publicação da Bireme/FAPESP para aumentar a visibilidade internacional de suas revistas científicas.

SciELO chega à África - 21/8/2009 - Por Fábio de Castro http://www.agencia.fapesp.br/materia/10950/especiais/scielo-chega-a-africa.htm


A necessidade de indexar a produção científica brasileira
http://www.unicamp.br/unicamp/divulgacao/2009/08/14/a-necessidade-de-indexar-a-producao-cientifica-brasileira

Matéria sobre a leitura de periódicos!

Cientistas: leitores 2.0
Técnicas de busca e indexação da informação permitem a leitura de mais artigos em menos
tempo

Autores: Sofia Moutinho e Bernardo Esteves
Fonte: Ciência Hoje On-line. Data: 13/08/2009

URL: http://cienciahoje.uol.com.br/151119


É fundamental você fazer o login para participar de nossa comunidade interativa!

Registre seu recado para compartilhar idéias, dúvidas, sugestões e muito mais! Tudo de bom e até nosso próximo encontro!

Professora Ursula


XVII Curso de Editoração da ABEC - Rio de Janeiro
http://www.abecbrasil.org.br/index.asp

Veja as apresentações de palestras no site

Por exemplo Selma Pires Sistema de submissão online - jvatitd http://www.jvat.org.br http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Selma.pdf

Rui Seabra Ferreira Junior (CEVAP-UNESP) – “The Journal Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases”. Como nós usamos http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Rui.pdf

Suely de Brito Clemente Soares (IB-RC-UNESP) – Redação acadêmica para web 2.0 - Parte 1
http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Sueli11.pdf

Parte 2 http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Sueli12.pdf

Adriana Lucsano (Bireme - SciELO) – Sistema de Submissão online SciELO http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Luccisano.pdf

Rudi Weiblen (UFSM) – Como nós usamos http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Rudi.pdf

Hélio Kuramoto (IBICT) Acesso Livre: caminho para maior visibilidade da ciência regional http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Kuramoto.pdf

Lewis Joel Greene (FMRP-USP) - How open access (SciELO) effected Journals published in developing countries
http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Greene.pdf

Benedito Barraviera (ABEC – UNESP) – Papel do Editor chefe – um tirano, um ditador, um democrata, um conciliador ou um líder? http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Benedito.pdf

Jusamara Vieira Souza - A contribuição da Editora da UFRGS http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Jusamara.pdf

Helga Irmtraut Kahmann Haas - A contribuição da UNISC http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Helga.pdf

Conferência de abertura - Ida Regina Chitto Stumpf – UFRGS – A internacionalização da ciência brasileira
Parte 1 http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Ida1.pdf
Parte 2 http://www.abecbrasil.org.br/includes/palestras/segunda/Ida2.pdf


Prezado Usuário,

Quero convidá-lo a conhecer o Fatos & Dados 2008, relatório anual do CIN,
Centro de Informações Nucleares, clicando no link abaixo:

http://cin.cnen.gov.br/fatosedados2008/

Agradeço a sua visita e aproveito para reafirmar que seus comentários,
críticas e sugestões, além de sempre benvindos, são contribuição essencial
ao aperfeiçoamento dos nossos serviços.

André Luiz Lopes Quadros
CNEN/CIN - Centro de Informações Nucleares

LivRe http://livre.cnen.gov.br/Inicial.asp


Leitura:

REYZÁBAL, María Victoria. A comunicação oral e sua didática. Bauru: EDUSC, 1999. 355p.

Sintese da página 207:

Se aceitamos que, aproximadamente, aprendizagem realiza-se:
- Pela vista, entre 40 e 83 por cento.
- Pelo ouvido, entre 11 e 25 por cento.
- Pelo tato, paladar e olfato, entre 6 e 20 por cento.
- Pelas sensações cenestésicas, entre 10 e 15 por cento.

Que o percentual de retenção procede:
- 10 por cento do que se lê.
- 20 por cento do que se escuta.
- 30 por cento do que se vê.
- 50 por cento do que vê e do que se escuta.
- 70 por cento do que se discute.
- 90 por cento do que se diz e logo se realiza.

E, além disso, que a retenção posterior:
- De 70 por cento a 3 horas e de 10 por cento aos 3 dias,
quando a aprendizagem é oral.
- De 72 por cento a 3 horas e de 20 por cento aos 3 dias,
quando a aprendizagem é somente visual.
- De 85 por cento a 3 horas e de 65 por cento aos 3 dias,
quando a metodologia é ao mesmo tempo oral e visual.

Vamos discutir e praticar durante o semestre!

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License